terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Mil voltas o mundo dá ...

Sim, demorei.

Sim, eu demorei pra perceber o quanto eu estava errada.
Demorei muito, tempo que não volta.
Experiencias que me somam como nunca.
Calma e paz de espírito.

Não, eu não tenho mais obrigação de ser coerente.
Aliás, não tenho obrigação a nada.
Liberdade...
Ah essa tal que eu sempre quis e nunca tive coragem de cortejá-la.
Medo bobo, medo fútil. Medo Infeliz.

Hoje ando só, mas como nunca completa.
Sabe quando, um clico termina.
Um sonho ruim - acordei, um alívio.

Sabe aquela paz de estar completa em todos os lugares.
A luta já não existe mais ...
Não ouço mais sinal de start.
Não vivo mais o que não quero.
Livre,

A solidão é tão linda é tão cheia de paz.
A vida me enfeita de " eu "...
São " eu " para toda parte , única, completa, singular.
Eu cresço, me conheço me percebo.
Não mais me preocupo com nada além do que eu mesma provoquei.

Sigo, sem lagrimas, sem pactos velados, sem dores.


Estou construindo uma nova vida dentro de mim.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...