quarta-feira, 21 de maio de 2014

Manual da perda

Pegue um homem, um homem fardado, um homem de olhos verdes que não enxergam mais pessoas e sim debochados  '" senhores e senhoras", pegue uma terça feira a tarde normal cheia de sonhos.
Entre em um carro, seja um carro, compartilhe um carro.
Coloque seu sonho dentro dele , sua musica e sua dança...e vá trabalhar...
Veja tudo amarelo, um amarelo lindo da cor do sol.
Perceba tudo embaçado, perceba as atenções voltadas pra você, ouça um som estridente, 
sinta-se na masmorra. Sinta-se com a lamina da força maior cortando seus dois pulsos onde antes passa vida agora passa vergonha.
Apartir daí, seja seca, seja comprensiva. Entregue suas chaves, sua vida e sua alegria em um gesto de obediência.
Seja franca, não minta. Não levante a cabeça. Não chore.
Saia do carro, bata suas calças, retire seus pertences. Vá embora.
Faça uma fila, puxe suas malas seus problemas e seus segredos.
Colabore, não tire seus olhos do chão e chame alguem.
Chame por dentro a justiça da vida, chame por Deus....
Perceba onde você está, olhe com os olhos cheio de calor uma duas casas.
Olhe as pessoas passando por você, olhe os julgamentos.
Consiga agora tocar a dor, manipula-la como uma massa viscosa.
Se alimente dela, deixe ela te cobrir como um casulo mas cuidado se ela cobrir seu coração
talvez vc não tenha mais objetivos.
Chegue em casa desvista suas roupas, mas não do casulo e vai dormi.
Amanhã você tem a decisão de um novo dia...ou não!





domingo, 18 de maio de 2014

O que tenho na barriga ?

O que temos na barriga é gordura ou desespero?
Sabia eu, sabia ela que não passava de um erro.
Contentei-me com o silencio.

O que tenho na barriga é angustia,fome ou desmazelo ?
Sabia eu, sabia ela que não passava de apelo
Contentei-me com o abalo.

O que tenho na barriga é pancinha,barriguinha ou pelanquinha?
Sabia eu, sabia ela que nao passava de mentirinha
Contentei-me em esperar.

O que tenho na barriga é vazio,é revolta ou é chacota?
Sabia eu sabia ela que tudo se tratava de uma cota.
Contentei-me em ficar de fora.

O que tenho na barriga é solidão, escravidão ou insatisfação?
Sabia eu, sabia ela que nem um deles, era mesmo obrigação.
Contentei-me em não segui-la.

O que tem na barriga é saúde, é estética ou orgulho ferido?
Sabia eu sabia ela, que um pouco de ambos e que tudo havia doído.
Contentei-me em não me cobrar tanto.


O que você tem na barriga?

Espero que felicidade.


quinta-feira, 1 de maio de 2014

Eu mereço ser traída

Foi isso que eu escutei. 
A lamina da solidão percorre meu corpo fazendo aquele barulho seco como unha num quadro negro. 
A lamina vem de vagar e aponta no meu queixo me desafiando. 
Eu olho fixa pra ela sem me exitar.
Eu logo respondo : - Não tenho mais historias a te contar!
Ela continua firme, dá uma esbarrada provocativa em meu nariz e tira um filete de sangue. 
Eu viro e rapidamente volto a encará-la com os olhos. Olhos negros.
Eu olho fixa pro metal, e digo : Você e eu ?! juntas! Nós quase tivemos tudo!
A lamina passa vagorozamente nas minhas maçãs, agora, virada do lado mais grosso, e faz um carinho no meu rosto, carinho que me acolhe, eu fecho os olhos e as lagrimas caem.
Eu pergunto: Por que você fica ? Pego com cuidado a lamina e coloco no meu pescoço e o ofereço a ela meu ponto vital, minha artéria. Acabe com isso.
Mas ela caminha de uma lado a outro no meu pescoço parece calcular a dor maior. Agora ela treme.
Meus batimentos cardíacos nem se modificam.
Ela desce lentamente fazendo uma reta perfeita do meu pescoço ate minha blusa e rasga os dois botões. 
Levanta o pano cortado com a ponta, e num golpe só, crava meu peito profundamente e secamente sem piedade. 
Eu olho meu peito que não tem uma gota de sangue, seguro a lamina e tiro. 
Como em uma dança, coloco-á na altura dos meus olhos, apenas olho, parada o ar é tão espesso e opaco. Todos tomam lados diferentes.
A lamina se surpreende, percebe não ter sido tão fatal.
Eu? Eu viro as costas... A lamina corta, é poderosa, mas sem um corpo ela é só uma lâmina. 
Não mereço ser traída e fim!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...